O poder do medo e como impedir que ele te paralize

Você sabe qual a diferença entre medo e perigo?
O perigo é real, já o medo é imaginário, fruto de nossos pensamentos e experiências vividas.  E quando permitimos que o medo domine nosso pensamento ele paraliza!

Quero compartilhar um fato que aconteceu comigo:
Tenho um verdadeiro horror de passar em pontes suspensas (também chamadas de pinguelas). São estreitas, balançam e há um vão enorme entre elas e o chão ou água.

Participo de um grupo de caminhadas na região onde vivo no Rio Grande do Sul e em um dos trajetos que fizemos no ano passado haviam duas pontes suspensas para cruzar. Quando me deparei com a primeira, empaquei e falei que não iria cruzar. Meu marido foi em frente para me encorajar, mas eu tremia muito, a respiração ficou ofegante e as pernas pararam. Eu travei na entrada da ponte atrapalhando a passagem dos demais até que de repente surgiu atrás de mim um rapaz, uma espécie de guia que me instruiu a olhar para frente, ignorar o chão e fixar um ponto a minha frente. Assim eu fiz e passo a passo fui seguindo, sem pensar no medo, focando somente no ponto de chegada. Confesso que o medo continuava ali, ainda sentia minhas pernas trêmulas, mas decidi seguir assim  mesmo. Ao atravessar pensei que iria desmaiar…  mas, no fim, fiquei feliz de ter enfrentado!

Já na segunda ponte tive uma experiência incrível, onde eu fui a guia de uma pessoa que ficou paralizada na minha frente. Agora, pare e pense.  Se havia mais de 50 pessoas passando por e ali todos conseguiam atravessar sem nada acontecer, porque eu não conseguiria? Não havia perigo, só medo.

Imagem: reprodução | Fonte: Pinterest

O papel do medo é nos proteger, mas na verdade, na maioria das vezes,  ele nos enfraquece e impossibilita. Moral da historia:  aprendi que posso dominar o medo! Quando ele quiser dominar é preciso enfrentá-lo!  

Você já teve alguma experiência similar? Você já experimentou avançar com medo? Se ainda não aconteceu, comece com uma pequena ação! Lembre que o medo é imaginário. Mas cuidado:  você poderá sentir uma avalanche de liberdade e realização!!Depois me conte!

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *